Curta a nossa página
Boa noite!  Teresina, 18 de agosto de 2019
 
08/07/2019 às 13h01 O âncora Você está aqui: Home / Polícia Imprimir postagem

Professor é condenado a 90 anos de prisão após estuprar alunos deficientes e postar crimes na web

O professor Pedro Henrique Barbosa, de 34 anos, foi condenado a 90 anos e seis meses de prisão após violentar dois alunos especiais em São Paulo. As vítimas, um menino autista e outra que tem dificuldades para se comunicar, ainda tiveram os abusos publicados em na dark web, uma área mais obscura ainda da deep web, . Uma das crianças chegou a ser violentada pelo menos 53 vezes. 

Os crimes praticados pelo educador foram descobertos durante a "Operação Mestre Impuro". As imagens divulgadas no site de pornografia foram rastreadas pela polícia australiana, que entrou em contato com a Polícia Federal e a Interpol. Barbosa foi identificado em julho de 2018. 

Na web, o professor de música e educação física publicava os estupros e ensinava outros pedófilos a abordar e abusar de menores. Na casa do acusado, foram encontrados mais de 870 arquivos incluindo fotos e vídeos dos abusos ocorridos em diversos lugares como no banheiro e em um salão no prédio onde morava uma das vítimas. 

Além das imagens, foram encontrados diversos aparelhos sexuais, analgésicos e lubrificantes também foram recolhidos na casa dele. Em depoimento, ele confessou os crimes e deu detalhes bizarros sobre os crimes. Pedro foi condenado por estupro, produção e distribuição de material pornográfico infantil. 

(Com informações do Portal do Holanda)


  Tags:

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.