Curta a nossa página
Bom dia!  Teresina, 12 de dezembro de 2019
 
29/01/2018 às 21h33 Você está aqui: Home / Imprimir postagem

FMS fecha parceria para melhorar atendimento às mulheres com câncer de mama

O objetivo é garantir que as mulheres possam iniciar o tratamento oncológico em, no máximo, 60 dias

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) firmou hoje, 29, parceria com a Fundação Maria de Carvalho Santos para que, juntas, as duas fundações realizem o Projeto Mama Cajuína, que visa garantir o cumprimento da Lei nº 12.732/12, que estabeleceu que o primeiro tratamento oncológico no Sistema Único de Saúde (SUS) deve se iniciar no prazo máximo de 60 dias. Em 2017 foram realizados 9.263 mamografias em Teresina através do SUS.

“Queremos garantir que todas as mulheres de Teresina, na faixa etária de 40 a 69 anos, tenham a oportunidade de realizar mamografia e as condutas em cima do resultado dos exames no prazo estabelecido em lei”, afirmou Luiz Ayrton Santos, da Fundação Maria Carvalho.

Todas as mulheres que tiverem seus exames normais receberão o exame de volta e aquelas que tiverem alteração na mama serão examinadas por mastologistas da Fundação Maria Carvalho Santos. As que tiverem necessidade de realizar biópsias o farão. Após a realização da biópsia, essas mulheres serão encaminhadas para um centro tratador como o Hospital Universitário

“O grande intuito é que no prazo de 60 dias elas possam realizar seus exames e serem tratadas de modo adequado. Esse projeto então atende ao exercício da lei e dá uma oportunidade de cidadania e deve ser o maior programa mamográfico realizado no nosso país. Essa parceria foi realizada com esse intuito e esperamos que a população acolha. E as mulheres sejam tratadas de modo correto, adequado e eficaz”, finalizou Luiz Ayrton Santos.

Segundo o presidente da Fundação Municipal de Saúde, Silvio Mendes, toda a rede credenciada do SUS em Teresina juntamente com as UBS e a rede Hospitalar do município serão mobilizados para garantir o êxito do projeto. “A cidade será dívida em quadrantes(norte/sul/Leste/oeste) para dar maior agilidade e controle dos atendimentos. "Nós gestores temos a obrigação de garantir uma saúde ágil e de qualidade, diz Mendes. "O projeto Mama Cajuína vai garantir a maior cobertura de exames de mamografia com diagnóstico e  garantia de tratamento através do  SUS. Este é um direito das mulheres e nós estamos unindo forças para garantir o tratamento no menor espaço de  tempo". Queremos diminuir o número de casos de mulheres com câncer de mama e garantir tratamento para quem tiver o diagnóstico da doença, fala presidente da FMS.

No Piauí tem crescido o número de casos de Câncer de Mama. Em 1992, foram registrados 100 casos e em 2017 foram 630, segundo a Fundação Maria Carvalho Santos.

 


 

Tags: Mama Cajuína, mamografia, SUS, Maria Carvalho Santos,Prefeitura, Teresina, FMS


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Artigos relacionados