Curta a nossa página
 
04/08/2020 às 23h27 O âncora Você está aqui: Home / Teresina Imprimir postagem

Líder comunitário denuncia Gilvana Gayoso: cestas não foram distribuídas

Líder comunitário denuncia Gilvana Gayoso: cestas não foram distribuídasCestas de alimentos adquiridas pela ADH deveriam ser distribuídas em conjuntos habitacionais; líder comunitário afirma que no Jacinta Andrade entrega não ocorre

O professor Osvaldo de Jesus, consultor de Políticas Públicas do DLIS (Desenvolvimento Local Integrado Sustentável Solidário) e presidente da Associação dos Mutuários do Jacinta Andrade, assina Nota de Repúdio contra a presidente da ADH (Agência de Desenvolmento da Habitação), Gilvana Gayoso.

Segundo ele, a presidente disse que a ADH teria fornecido cestas para entidades localizadas no Residencial Jacinta Andrade.

Líder comunitário Osvaldo de Jesus

“Na verdade, estas cestas nunca chegaram às famílias do Jacinta Andrade”, declarou Osvaldo de Jesus, acrescentando que, de acordo com denúncias de moradores, possivelmente alguma pessoa tenha recebido, sem que tenha havido distribuição coletiva, mesmo assim produtos de péssima qualidade.

“Certas pessoas, após passar por muitas humilhações, tivemos conhecimento de que um desses alegados beneficiários é um cabo eleitoral conhecido por Manoel Cadeirante. Mas é preciso enfatizar que os produtos da cesta básica são de péssima qualidade e vencidos, o arroz não presta e o feijão podre não cozinha”, complementa.

No dia 12 de abril, a ADH anunciou que iria distribuir cestas de alimentos para cerca de 12 mil mutuários de casas populares assistidos pela Agência. Seriam distribuídas cestas básicas e álcool em gel para as famílias residentes nos conjuntos habitacionais de Teresina.

O anúncio foi feito pela presidente Gilvana Gayoso. A aquisição das cestas se deu na modalidade de dispensa de licitação, em virtude da situação emergencial da pandemia. Foi anunciado que um dos conjuntos beneficiados seria o Jacinta Andrade, na zona norte de Teresina. 

“Não houve nem está havendo nenhuma distribuição de cestas naquela região. E se isso aconteceu foi de maneira isolada para atender cabos eleitorais, em razão da campanha política que se avizinha”, pontificou Osvaldo de Jesus.

Informamos que o espaço deste site está aberto para que a ADH, se julgar necessário, apresente sua versão dos fatos. (TR)

ACESSE VÍDEO:

Reprodução de https://www.tonirodrigues.com.br/


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Artigos relacionados