Curta a nossa página
Bom dia!  Teresina, 12 de dezembro de 2019
 
04/10/2019 às 09h38 O âncora Você está aqui: Home / Teresina Imprimir postagem

Campanha de vacinação contra o sarampo começa segunda-feira (07)

Na próxima segunda-feira (07) inicia em todo o país a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. Em Teresina, todas as salas de vacina das Unidades Básicas de Saúde e hospitais estarão disponíveis para atualizar a caderneta de crianças entre seis meses e menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias), público-alvo desta etapa da campanha.

A campanha, que acontece até o dia 26 de outubro (que também será o Dia D) é uma intensificação para interromper a circulação do vírus do sarampo no país e será realizada de forma seletiva, ocorrendo em duas fases. “Na primeira etapa vacinaremos todas as crianças na faixa etária que não tenham duas doses da vacina na sua caderneta de vacinação”, informa Amariles Borba, diretora de Vigilância em Saúde da Fundação Municipal de Saúde (FMS). Já a segunda etapa contempla os adultos de 20 a 29 anos e será realizada no mês de novembro.

Estes dois públicos foram priorizados para a participação nessa estratégia considerando que estão entre os mais acometidos e com maior incidência da doença nos surtos registrados em 2019. Ainda, especialmente as crianças menores de cinco anos de idade, estão na faixa etária com maior número de internações e apresentam maior risco de desenvolver complicações, tais como cegueira, encefalite, diarreia grave, infecções no ouvido, pneumonias e óbitos pelo sarampo. “Pedimos a todos os pais com crianças que estejam atentos à imunização de seus filhos, pois o sarampo é uma doença grave que não tem medicamento e só tem uma forma de ser protegido, que é vacinando”, alerta Amariles Borba.

O sarampo é uma doença viral aguda, altamente contagiosa e que pode levar a complicações graves e óbito. “A pessoa pode apresentar febre, tosse, irritação nos olhos, nariz escorrendo ou entupido e mal estar. Em torno de 3 a 5 dias, outros sintomas podem aparecer, como manchas vermelhas no corpo”, informa a diretora. “A sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo a outras pessoas”, esclarece ela.

Ascom FMS

 


  Tags:

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.